sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Espetáculo “Várias Coisas” com Evandro Santo o CHRISTIAN PIOR do Programa PÂNICO



Conhecido por seu personagem hilário e irreverente, o CHRISTIAN PIOR do Programa Pânico, Evandro Santo estreia, em Salvador, com o seu show de humor “Várias Coisas” nos dias 21 e 22 de outubro no Teatro da Casa do Comércio.

No programa PÂNICO, Christian Pior é um estilista gay do interior que quer ser amigo dos ricos e vive criticando os “pobres”, uma sátira ao falecido estilista Christian Dior.

Em seu espetáculo, Evandro mantem seu humor ácido e arranca gargalhadas do público ao abordar, de forma irreverente, várias situações do cotidiano.

Sabe aquele réveillon desastroso, ou aquela sessão de terapia que te deixou destruído, ou até mesmo aquela maniazinha que para você faz todo sentido?

Várias Coisas é isso, um show de humor que retrata diversos assuntos completamente aleatórios mas, que juntos, fazem você perceber que é a pessoa mais normal do mundo, ou não!

“Entre muitas outras coisas, vamos falar sobre o desespero do mundo virtual; sobre o poder midiático das blogueiras; de moda e até sobre a auto-observação. Tudo comprovado e vivido por mim mexxxmo” dispara Evandro Santo.

SERVIÇO
O que: Evandro Santo “Várias Coisas”
Quando: 21 e 22 de outubro
Horário: 21h
Onde: Teatro SESC Casa do Comércio
Valor: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro e site compreingressos.com
Informações: (71) 2626-0032
Classificação: 14 anos
Realização: Allcance Produções

Confira a programação do TCA e na Concha Acústica em outubro


Destaque para o Rock Concha, Domingo no TCA e o show “Antônio Carlos Brown: Um Popular Brasileiro”



Foto: Rosilda Cruz/SecultBA

Música, teatro e dança dão o tom da programação de outubro do Teatro Castro Alves. Na Sala Principal, nos dias 6 e 7, às 20h, o projeto Endogenias, do Balé Teatro Castro Alves (BTCA) volta a acontecer. O projeto reúne três coreografias inéditas, concebidas por bailarinos da própria companhia baiana: Youkali, de Konstanze Mello, livremente inspirado na obra de Bertolt Brecht e Kurt Weil, “Cabaré Youkali”; Generxs, de Leandro de Oliveira, que aborda a identidade de gênero e a sexualidade -  a criminalização, o preconceito, a tolerância e a celebração.
Nos dias 8 e 9, às 21h e 20h (respectivamente), é a vez de Carlinhos Brown tomar conta da Sala Principal, com seu novo show “Antônio Carlos Brown: Um Popular Brasileiro”, que traz no repertório músicas do primeiro álbum “Alfagamabetizado”, da banda Tribalistas e grandes sucessos gravados ao longo desses 20 anos de sucesso do artista.
Ainda na Sala Principal, dia 21, às 20h, os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA) celebram oito anos com concerto especial de aniversário.
Logo depois, um dos projetos mais vitoriosos do Teatro Castro Alves, volta a acontecer: Domingo no TCA. Vencedora do Prêmio Braskem de Teatro 2015 como Melhor Espetáculo Infanto-juvenil, “A Máquina que Dobra o Nada” é a grande atração de outubro. Com canções inéditas ao vivo e divertidas coreografias, a montagem busca livre inspiração em poesias e neologismos do escritor e poeta mato-grossense Manoel de Barros (1916-2014).
Fechando o mês, nos dias 29 e 30, “O Topo da Montanha” chega a Sala Principal do TCA. A peça estreou em Londres, em 2009; ganhou versão na Broadway em 2011, e começou sua trajetória de sucesso em São Paulo em outubro de 2015, conquistando mais de 25 mil espectadores. A peça é protagonizada e produzida por Lázaro Ramos e Taís Araújo (indicada ao Prêmio Shell).
Já na Concha Acústica, o mês começa com dois musicais. No dia 8, acontece “O Musical Mamonas”. Escrito por Walter Daguerre, com direção do premiado José Possi Neto, os cantores Dinho, Bento, Júlio, Samuel e Sergio, representados pelos atores Ruy Brissac, Yudi Tamashiro, Adriano Tunes, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura contam sua própria história.
No dia 9, tem o “Tributo ao Rei do Pop”, estrelado por Rodrigo Teaser. No repertório, grandes clássicos como "Billie Jean", "Thriller", "Beat It", "Smooth Criminal", "Black or White", entre outros, são interpretados na voz e performance de Rodrigo Teaser e banda ao vivo.
Véspera de feriado, dia 11, tem Bell Marques. Com quase 40 anos de carreira, o cantor apresenta seu novo show intitulado Só as Antigas”. Como o nome sugere, na apresentação, Bell irá relembra sua história, cantando sucessos da carreira, desde   1979 aos dias de hoje.
No feriado, dia 12, os fãs de Roupa Nova têm encontro marcado na Concha. “Todo amor do mundo” é o nome do novo trabalho do Roupa Nova, que reúne seus grandes hits e canções inéditas, celebrando uma trajetória que começou no final dos anos 1960.
Mais para o fim do mês, no dia 23, a mineira Ana Carolina apresenta o novo show "Grandes Sucessos", com os principais hits de seus mais de 15 anos de sucesso.
Fechando outubro, nos dias 29 e 30, a Concha Acústica volta a sediar o festival Rock Concha, considerado um dos maiores eventos do gênero musical no Brasil, e que completa 27 anos em 2016.  No primeiro dia, 29 (sábado) as atrações são o cantor e compositor Márcio Melo e as bandas Titãs e Sepultura. Já no segundo dia do Festival, 30 (domingo), o público vai curtir os shows da cantora Karol Conká e das bandas Efeito Manada e Baiana System.

SERVIÇO

TCA
DIAS: 06 e 07
DANÇA: BALÉ TEATRO CASTRO ALVES (BTCA) – PROJETO ENDOGENIAS
Horário: 20h
Ingresso: R$ 10/ R$ 5

DIAS: 08 E 09
MÚSICA: CARLINHOS BROWN – ‘”ANTONIO CARLOS BROWN: UM POPULAR BRASILEIRO”
Horário: dia 08 (sábado), às 21h e dia 09 (domingo) às 20h
Ingresso: R$ 160/ R$ 80 (filas de A a P); Q-Z: R$ 140/R$ 70 (Q a Z); R$ 120/R$ 60 (Z1 a Z11)

DIA 21:
MÚSICA: NEOJIBA
Horário: 20h
Ingresso: R$ 4/R$ 2

DIA: 23
TEATRO INFANTIL: DOMINGO NO TCA – “A MÁQUINA QUE DOBRA O NADA”
Horário: 11h
Ingresso*: R$ 1/R$ 0,50
*Vendas somente no dia, a partir de 9h, com acesso imediato do público.

DIAS: 29 E 30
TEATRO: “O TOPO DA MONTANHA” – LÁZARO RAMOS E TAÍS ARAÚJO
Horário: dia 29 (sábado), às 21h; dia 30 (domingo), às 17h
Ingresso: R$ 80/R$ 40 (filas A a P) e R$ 60/R$ 30 (Q a Z11)


CONCHA ACÚSTICA
DIA:08
MÚSICA: “O MUSICAL MAMONAS”
Horário: 19h                                                                                                                                                                                                             
Ingresso: Pista: R$ 90/ 45(1º lote); R$ 100/ 50(2º lote); R$ 120/ 60 (3º lote)
                      Camarote: R$200/R$100 (1º lote); R$250/R$125 (2º lote)

DIA: 09
MÚSICA: “TRIBUTO AO REI DO POP” – C/ RODRIGO TEASER
Horário: 19h
Ingresso: R$ 80/R$ 40 (pista) e R$ 160/R$ 80 (camarote)
DIA: 11
MÚSICA: BELL MARQUES – “SÓ AS ANTIGAS”
 Horário: 18h
 Ingresso: R$ 40/R$ 80 (pista) e R$ 80/R$ 160 (camarote)

DIA: 12
MÚSICA: ROUPA NOVA – “TODO AMOR DO MUNDO”
Horário: 18h
Ingresso: 1º lote (até 26/09) R$100/R$50; 2º lote (a partir de 27/09) R$120/ R$60 camarote R$200/ R$100
DIA: 23
MÚSICA: ANA CAROLINA – “GRANDES SUCESSOS”
Horário: 19h
Ingresso: Plateia - R$50/ R$100; Camarote – R$100/ R$200

DIAS: 29 E 30
MÚSICA: “FESTIVAL ROCK CONCHA”
Horário: 17h

Ingresso: 1º lote promocional – Plateia: R$40 (meia) e R$80 (inteira). Camarote: R$80 (meia) e R$160 (inteira).

Bahia marca presença na Expo Internacional de Turismo



Ana Caroline Alves, Viviane Moreira e Rosa Brandão​
A proprietária do Hotel Via dos Corais e da Pousada Sobrado da Vila, e presidente da Associação Comercial e Turística da Praia do Forte – Turisforte, Rosa Brandão, está em São Paulo participando da Expo Internacional de Turismo - ABAV. Ela está acompanhada da supervisora comercial e marketing dos estabelecimentos, Viviane Moreira, e da supervisora executiva da Turisforte, Ana Caroline Alves. Sem dúvidas, os turistas que forem à antiga Vila de Pescadores serão os principais beneficiados. A feira acontece até hoje (30), na Expo Center Norte, e é promovida pela Associação Brasileira das Agências de Viagens.  

DNA Urbano – Cabeça de Rua




Com a música Cabeça de Rua, selecionada para o Festival da Educadora FM em 2016, a banda vem se destacando no cenário musical da Bahia e vai contar com a participação especial da sambista Juliana Ribeiro no show


A banda DNA Urbano, um coletivo musical que contém ritmos das raízes africana e brasileira, sobe ao palco do Café-Teatro Rubi, Sheraton da Bahia, a convite do próprio teatro, no dia 06 de outubro, às 20h30, para apresentar o show Cabeça de Rua. Recheado de canções autorais, e de outros compositores, com influências do reggae, merengue, soul e funk, o show vai ter a participação especialíssima da sambista baiana Juliana Ribeiro.

A musicalidade da banda, que é formada por Serginho Rocha, Genaldo Novaes, Tonynho dos Santos, Fernanda Farani e Alisa Sanders, tem como origem a cidade de Salvador, Bahia, a primeira capital e o maior berço da cultura do país. A DNA Urbano possui o som, a imagem e a vibração da mistura ‘Afro-Urbana-Zen-Consciência’, com batidas de Addis Abba a Bamako adicionadas aos ritmos das raízes das culturas africana, baiana e brasileira.
Com a música Cabeça de Rua, selecionada para o Festival da Rádio Educadora FM em 2016, a banda vem se destacando no cenário musical da Bahia. No show, o público vai poder conferir as músicas autorais do coletivo, além da releituras de outras canções que condizem com a proposta musical e conceitual da DNA.
Quem é a DNA:
Serginho Rocha – guitarrista, compositor, cantor e produtor musical. Foi guitarrista e diretor musical da cantora Claudia Leite por 8 anos. Já produziu, tocou e gravou com estrelas do cenário nacional e internacional, como Gilberto Gil, Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Lincoln Olivetti, Margareth Menezes, Alpha Blondy e Clifton Davis.

Genaldo Novaes – cantor, compositor e violonista. Nativo de Salvador, suas experiências de vida com o samba e com as religiões afrobrasileiras são as raízes do som da DNA Urbano.

Tonynho dos Santos – cantor, compositor e trompetista. Nascido em Sergipe, tocou trompete com o grupo Olodum. Tonynho morou na Alemanha, onde tocou com grupos brasileiros e internacionais, incluindo a lenda do jazz brasileiro, Hermeto Pascoal, e abriu shows para a grande estrela da música popular brasileira, Gilberto Gil.

Fernanda Farani – cantora e compositora, traz a sua voz suave e ao mesmo tempo sensual para compor a DNA. Nascida em uma família musical, que inclui uma das maiores cantoras do Brasil, Gal Costa, a referência musical de Fernanda vem da MPB e das músicas tradicionais do Nordeste Brasileiro. Ela já gravou com Nando Cordel, Ricardo Chaves e Leo Maia (filho de Tim Maia) e cantou com os sambistas Nelson Rufino e Jorge Aragão.

Alisa Sanders – cantora e compositora, ela é a “gringa” da banda. Nascida em Los Angeles, nos Estados Unidos, e atualmente morando em Salvador, traz sua tonalidade, seu estilo e sua raiz do jazz para o som da DNA.

Serviço
O quê: DNA Urbano – Cabeça de Rua
Quando: 06/10 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Onde: Café-Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Quanto: Couvert artístico = R$ 30,00

Compra
Bilheteria: Café Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Tel: (71) 3013-1011
2ª a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)
Sitecafeteatrorubi.com.br
Call Center: (71) 2626-0032

Pedro de Rosa Morais – Quem Há de Dizer





Um espetáculo em homenagem ao grande Lupicínio Rodrigues, o pai das músicas ‘dor de cotovelo’, dirigido pela cantora Claudia Cunha


“Quem Há de Dizer”, música do cantor e compositor Lupicínio Rodrigues, dá título ao show do cantor baiano Pedro de Rosa Morais. Com direção artística de Claudia Cunha, arranjos de André Jordão (violão) e Alexandre Lins (bateria e percussão), o espetáculo volta a cartaz a convite do Café-Teatro Rubi, Sheraton da Bahia, nos dias 07 e 08 de outubro às 20h30.
O gaúcho Lupicínio ficou conhecido como o pai da música “dor de cotovelo”, pois cantava as paixões e os amores sofridos das separações e dos desencontros. “Quem há de Dizer” é um show em homenagem ao centenário, ocorrido em 2014, do artista que conquistou o Brasil com sua forma toda pessoal de cantar o amor. No palco, Pedro será acompanhado por um piano e um acordeon e cantará grandes sucessos do cantor, como “Ela Disse-me Assim”, “Felicidade” e “Vingança”, dentre outras.
Cantar as canções de Lupicínio é uma ideia alimentada pelo artista há muito tempo, porém, somente nos últimos dois anos, ele se sentiu preparado para  essa aventura, um trabalho que exige muita responsabilidade. O que motivou a realização desse show foram as canções que falam dos amores e das paixões de Lupicínio, que Pedro aprendeu a ouvir através de uma geração de grandes artistas brasileiros.
Carreira – O artista já vem, há algum tempo, conquistando seu espaço no cenário musical baiano. Pedro vem de uma trajetória de teatro e música, onde participou do grupo Cia. Brasil de Teatro, que atua no cenário artístico local há 16 anos, sempre trabalhando com musicais infantis. Esteve nos espetáculos Coro de Palhaços, História de uma Caixola, Radio Biruta, Comadre Florzinha, Dona onça e os Cachorros Fujões, dentre outros.
Depois de um tempo, Pedro parte para os shows solo e faz “As Rosas Não Falam”, em homenagem ao mestre Cartola, e “Naquele Tempo”, com repertório de canções antigas do Brasil.

Serviço:
O quê: Pedro de Rosa Morais / Quem Há de Dizer
Quando: 07 e 08/10 (sexta e sábado)
Horário: 20h30
Onde: Café-Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Quanto: Couvert artístico = R$ 50,00
Compra:
Bilheteria: Café Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Tel: (71) 3013-1011
2ª a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)
Site: cafeteatrorubi.com.br
Call Center: (71) 2626-0032

Primeira Petland do Nordeste investe em bem-estar animal




Adriana e Marcelo Kutter com a mascote Clair (foto: Sora Maia)

A primeira máster franquia da rede americana na Bahia tem 260 m² e Centro de Treinamento.
Plano de expansão prevê 25 unidades na Bahia


Os empresários Adriana e Marcelo Kutter comemoram o sucesso da primeira loja da franquia americana Petland no Nordeste. Com 45 dias de funcionamento no Caminho das Árvores, os empresários (e a mascote Clair, uma Golden Retriever de 8 meses) vêm investindo no que é o forte da marca: bem-estar animal. Para isso, além de produtos e serviços diferenciados (distribuídos na loja de 260 m2), a Petland conta com funcionários que são verdadeiros consultores técnicos pra tudo que diz respeito às necessidades dos animais de estimação. Além de cães, a loja tem disponíveis roedores e pássaros; e vai realizar eventos mensais para estimular ainda mais a boa relação entre as pessoas e seus companheiros pet. Em outubro, por exemplo, acontece a festa do Dia das Crianças (08/10) e a primeira das edições da Feira de Adoção, sempre aos sábados, das 8 às 12h.

Esta é a primeira máster franquia na Bahia da rede de franquia americana para pet shop Petland. O plano de expansão da rede, atualmente com 24 lojas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo e Paraná, prevê 25 unidades na Bahia“O sucesso da marca, presente em 19 países, é sustentado pela transmissão de informação e experiência de compra”, afirma o sócio-diretor da Petland e responsável pela expansão da rede, Rodrigo Albuquerque.

Após 10 e 20 anos atuando no setor de saúde humana, Adriana Kutter e Marcelo Kutter, respectivamente, partem agora para o ramo de franquias. “Apesar de não sermos da área, sempre tivemos animais em nossa história. Cães de diversas raças fazem parte da nossa história, com momentos profundamente significativos e marcantes. Agora temos o desafio de profissionalizar o setor Pet em todo o Estado baiano”, afirmam os empresários. Eles, com a primeira máster franquia da rede na Bahia, estão à frente da expansão da rede pelo estado. 

A operação Petland contempla serviços de banho e tosa, venda de acessórios, rações, medicamentos, equipe de veterinários, além de pets (cães, aves e roedores), e um forte programa de adoção ligado a importantes ONGs do País, caso da AILA - Aliança Internacional dos Animais. A empresa já responde por mais de 45% das adoções da ONG. Os eventos de adoção acontecem todos os finais de semana em uma das unidades da rede.

Na nova unidade de 260m2, o cliente também terá uma área exclusiva para interagir com os pets, um conceito difundido nos 19 países em que a empresa atua e que tem conquistado também os donos de pet no Brasil. “O fato de estarmos à procura de um novo lar para os filhotes da nossa loja, preconiza que os interessados conheçam as características da raça, padrões e reações dos filhotinhos. É na área de socialização que o cliente pode vivenciar uma experiência ímpar com seu futuro companheiro, possibilitando que seus familiares estejam juntos neste momento de decisão”, explica Adriana.

“Inicialmente, teremos filhotes de cães das diversas raças como Spitz, Shih Tzu, Bulldog Francês, Lhasa, inclusive atendendo a solicitações especificas dos clientes, trazendo os filhotes somente dos canis homologados pela franquia americana”, completa Marcelo. Para os primeiros meses de operação, os clientes terão 50% de desconto no serviço do primeiro banho, o que tem excedido as expectativas das metas propostas.

A loja abriga a Universidade Petland, centro de treinamento para novos funcionários e franqueados, mantendo o diferencial de atendimento. “Uma das ênfases da franquia é investimento em conhecimento para um melhor relacionamento e venda consultiva. Além de elementos técnicos da área, tratamos também de manter o padrão de atendimento em níveis elevados de exigência. Também motivamos a participação em eventos pelo país, onde nossos tosadores participam e concorrem”, informa Adriana.

O casal conta que há mais de dois anos buscavam algum outro segmento para investirem suas capacitações e atividades. “Avaliamos diversas outras áreas e decidimos pela área de petshop, influenciados pela experiência da Petland que tem quase 50 anos nos EUA e tem números impressionantes com o modelo de franquia no Brasil. Além disso, o fato de o setor pet estar em pleno crescimento, mesmo no momento de crise enfrentado no país. Crise também pode ser um excelente momento para investir, onde os custos de implantação e infraestrutura ficam reduzidos. O modelo de negócio é super atraente e com franca possibilidade de expansão”, completa Marcelo.


Perfil dos sócios

Adriana Caseiro Medeiros Kutter, carioca, casada, 45 anos, administradora de Empresas, pós-graduada em Docência do Ensino Superior, Gestão de Negócios e Gestão Empresarial. Vem de 10 anos como administradora no mercado de saúde, atuando em hospitais e clínicas.

Marcelo Kutter, 54 anos, mineiro, casado com Adriana, foi empresário e diretor comercial na área de software de gestão em saúde por mais de 20 anos em Salvador até 2016. Palestrante e professor de pós-graduação em Sistema de Informação em Saúde, com sua história acadêmica em economia e MBA em Finanças, trabalhou antes por 15 anos em instituição financeira em Recife, onde recebeu o convite para vir para Salvador.


Filhotes - A Petland é referência mundial no que diz respeito à busca de lares para filhotes. Isto porque pratica uma metodologia americana de seleção de criadores e controle de qualidade dos filhotes. A rede leva em conta questões que envolvem a saúde e o bem-estar animal.  Os filhotes Petland, devido a área de socialização nas unidades, se tornam altamente sociais e afeitos as pessoas. Esses espaços exclusivos permitem aos clientes interagirem com os filhotes, vivendo assim a experiência de ter um animal de estimação dentro da própria loja. Os colaboradores são dedicados a encontrar o animal certo para a família adequada, satisfazendo assim as necessidades de ambos. Entre as raças que podem ser encontradas nas lojas: Daschshund, Shih tzu, Lhasa Apso, Maltês, Bulldog Francês, Fox Paulistinha, Yorkshire, Spitz Alemão, Golden Retriever, Labrador, Border Collie, Chihuahua, Pug, Pequinês, Schnauzer, Poodle e muitas outras.

Adoção & social - A Petland dos EUA é líder em adoção de animais abandonados. Foram mais de 400 mil animais resgatados ao longo dos anos. No Brasil, está engajada na mesma causa e promove sistematicamente eventos de adoção nas lojas (são vários eventos por fim de semana, o que dá uma média de um evento por mês em cada uma das lojas). A Petland é parceira das principais ONGs e entidades ligadas ao resgate de animais abandonados no Brasil, como a ONG AILA, AMPARA ANIMAL, entre outras. Para adotar tenha em mãos um documento com foto e não se assuste se uma entrevista completa for solicitada antes de aprovar a adoção do seu novo melhor amigo. Queremos ter certeza que você terá condições de cuidar com carinho do animalzinho. Em alguns casos a Ong cobra um valor simbólico para a manutenção do seu trabalho. A cobrança ou não fica a critério de cada uma das Ong´s, a Petland não se envolve com estas políticas e não recebe nada por isto.

Rações e acessórios - As lojas têm as melhores marcas de rações e acessórios, além de uma ampla variedade de produtos especialmente desenvolvidos para proporcionar bem-estar, saúde e alegria para os animais de estimação. Sejam eles pássaros, roedores, gatos ou cães. Nas lojas podem ser encontrados brinquedos, coleiras, casinhas, camas, artigos de higiene e saúde, e outros itens.

Medicamentos - A Petland se preocupa com a saúde dos animais. Por isso, dispõe de todos os tipos de remédios e vacinas. Trabalham com medicamentos desenvolvidos por empresas renomadas e que verdadeiramente se preocupam com a qualidade de vida e a saúde animal. Além disso, os clientes podem consultar os veterinários à disposição nas lojas.

Banho e tosa - A Petland oferece o melhor serviço de banho e tosa, com procedimentos seguros, higiênicos e excelentes profissionais da área, além do monitoramento por câmera, onde o cliente pode acompanhar o atendimento ao seu pet. Os animais de estimação são tratados com todo carinho e atenção. No intuito de manter a saúde e a higiene dos bichinhos, a Petland conta com infraestrutura profissional, secadores, várias estações de trabalho e produtos de alta qualidade.

Consultas veterinárias - A Petland Brasil se preocupa em oferecer o melhor atendimento. Para isso, selecionou uma equipe de veterinários experientes e que verdadeiramente amam animais. Os atendimentos acontecem diariamente no mesmo horário da loja e são oferecidas diversas especialidades e exames. A ordem aqui é: bem-estar animal sempre.

Sobre a Petland - Inspirada na filosofia de entretenimento americana, a Petland foi fundada em 1967, com a ideia de potencializar a interatividade entre humano e animal. Em meados da década de 1970 a empresa iniciou seu processo de expansão via franquias e internacionalizou-se a partir do Canadá. Hoje, a rede está em 19 países: Estados: Estados Unidos, Canadá, Japão, China, África do Sul, México, Brasil, Honduras, Guatemala, El Salvador, Nicarágua, Árabia Saudita, Emirados Árabes, Egito, Turquia, Qatar, Líbano, Kuwait e Bahrein.Seguindo rigorosamente os princípios de responsabilidade social, principalmente no que diz respeito ao estímulo a adoção de animais, possui o posto de rede de franquias que mais adota animais nos EUA, atualmente mais de 400 mil. No Brasil, a rede está seguindo o mesmo caminho, realizando diversos eventos de adoção semanalmente em todas as lojas. Mais informações:http://www.petlandbr.com.br/


Petland – unidade Bahia
Av. Paulo VI, 1.471 – Caminho das Árvores / Tel. 71-3037-7001

“Love”, com Cyria Coentro, fará única apresentação no Teatro Sesc Senac Pelourinho



Uma elegia ao amor, montagem reúne poemas e textos de grandes autores

O aclamado espetáculo “Love”, estrelado pela premiada atriz Cyria Coentro, terá apresentação única no dia 07 de outubro, às 19h30min., no Teatro Sesc Senac Pelourinho. O espetáculo foi selecionado para compor a programação da 12ª Edição da Mostra Sesc de Artes – Aldeia Pelourinho, com ingressos a R$ 10,00 (inteira). Dirigido por Jackson Costa e com roteiro dele, da atriz, cantora e poetisa Elisa Lucinda e de Cyria Coentro, o monólogo, uma elegia ao amor, reúne textos e poemas de nomes como Castro Alves, Baudelaire, Clarice Lispector, Maiakovski, Manuel Bandeira, Affonso Romano de Sant’Anna, Mário Quintana, Adélia Prado, La Fontaine, entre outros. Recentemente, Cyria Coentro deu vida de forma brilhante à personagem Piedade, matriarca da família Dos Anjos, na primeira fase da novela “Velho Chico”, da Rede Globo.

O espetáculo – “Love”, com o qual Cyria Coentro ganhou o Prêmio Braskem de Teatro 2014 de Melhor Atriz, mostra, através de poemas de grandes autores, as inúmeras situações envolvendo sentimentos e emoções vividas pelo ser humano nas suas relações amorosas. É o amor quem conduz a personagem pelo labirinto das relações, tendo como suporte a palavra poética. A palavra em forma de poesia falada – e não declamada – é a base da montagem. Nesse aspecto, o espetáculo é uma declaração de amor ao teatro, à atriz e à palavra. Os poemas refletem sobre o que há de mais universal e humano: o Amor. “Love” apresenta a experiência latente do amor vivenciado em suas regiões luminosas e obscuras, em suas dores e delícias. Esse espetáculo é uma elegia”, diz a protagonista. Já o diretor Jackson Costa ressalta que “a personagem vivida por Cyria Coentro é uma mulher universal. Ela retrata a trajetória de todo ser humano, que, na convivência amorosa, busca o amor pleno. Ela é cada um da plateia que passará, está passando ou já passou por tudo que ela passa em cena”. Elisa Lucinda, corroteirista da montagem, diz que “nesse espetáculo pude contribuir muito com os caminhos da linguagem poética posta em cena. Os poetas traduzem a alma humana. A poesia é a mãe do teatro; por isso, usá-la como texto, como tecido para que o amor seja protagonista na cena, foi uma ideia brilhante de Cyria”.                                                                                                                                                                                    
Primeiro monólogo da carreira da atriz e “primeiro projeto da minha vida absolutamente nascido do meu desejo”, “Love” estreou em 2014 no Teatro Gamboa, celebrando os 25 anos de carreira da atriz. Com sessões lotadas, fez parte da programação do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac); ano passado fez  temporada de sucesso no Teatro Sesi Rio Vermelho.

Ficha Técnica – “Love” tem trilha sonora de Luciano Salvador Bahia; preparação vocal de Hebe Alves; iluminação de João Sanches; cenário e figurinos de Rino Carvalho; preparação corporal de Jorge D'Santos e consultoria de movimento de Rita Brandi. Roteiro de Cyria Coentro, Elisa Lucinda e Jackson Costa e direção de Jackson Costa.

Repercussão – Sucesso de público e de crítica, “Love” também encantou artistas.  Como Regina Duarte, que se rendeu à força poética da montagem: “Encantada com esse espetáculo. A Cyria é uma atriz que mobiliza muito, é muito inspirador o trabalho dela, o espetáculo em si, a temática, o conteúdo, mas, de repente, tem uma atriz que dá vida, que dá corpo a tudo isso e sentido... uma postura cênica, uma presença cênica que é extraordinária, o corpo dela fala, às vezes não precisava nem ter a palavra porque ela está inteira, vibrando nas intenções, nas emoções, tem um entendimento do que está fazendo, do que está dizendo, bom, eu adoro ela, sou fã número 1”. A  atriz Paula Burlamaqui também se rendeu a “Love”.   “Nunca tinha visto a Cyria no teatro, já vi fazendo algumas coisas na televisão e quando o Nelsinho me convidou para assistir a peça e o Jackson Costa falou ‘a gente vai fazer uma hora de poesia’, eu falei, ai, meu Deus!, porque eu estou cansada, meu dia foi longuíssimo, eu acordei muito cedo, me deu um pouco de desespero, e em dois minutos eu estava completamente apaixonada pela Cyria, porque ela é um furacão, e eu amei a peça, amei o que ela fez, amei vê-la em cena, foi incrível. Obrigada pelo espetáculo. Foi lindo”. O cineasta baiano Edgar Navarro diz: “É muito bonito, é uma seleção de poemas e um roteiro que se costura de uma forma muito tranquila e orgânica. O espetáculo tem uma bela e longa carreira”.


Cyria Coentro – A atriz, nascida em Salvador, transita com desenvoltura pelo teatro, cinema e televisão. Radicada no Rio de Janeiro desde os anos 1990, ela participou de espetáculos como “Anestesia” , 1988 (direção Paulo Dourado);  “A Lenda do Piuí”, 1989 (direção Deolindo Checcucci); ”Los Catedrásticos:  Recital da Novíssima Poesia Baiana”, 1989/91 (direção Paulo Dourado);  “As Bacantes”, 1992 (direção Zé Celso Martinez Correa); “ Mistérios Gozosos”, 1995 (direção Zé Celso Martinez Correa);  “E o orgasmo de mamãe?”, 1996 (direção Celso Júnior); “Coração Inquieto”, 2001 (direção Sérgio Módena);  “O Mágico de Oz-The Dark Side”, 2006 (direção Cadu Fávero); “Nova Mente”, 2015 (direção Paulo Dourado). Na televisão, participou de seriados, minissérie, caso especial e novelas, entre elas, “Renascer”, “Rei do Gado”, `”Porto dos Milagres”, “Mulheres Apaixonadas”, “Pé na Jaca”, “A Favorita”, “Caminho das Índias”, “Em Família”, “O Rebu” e “Sete Vidas”. No cinema, destaque para “Bala na Marca do Pênalti”, (direção Alexandre da Costa, 2002); “Estranhos” (direção Paulo Alcântara, 2007); “Era uma vez” (direção Breno Silveira, 2008); “Gonzaga de Pai pra Filho” (direção Breno Silveira, 2013); “O Tempo e o Vento” (direção Jayme Monjardim, 2013).


SERVIÇO
O quê: Única apresentação do espetáculo “Love”, com Cyria Coentro; direção: Jackson Costa; roteiro: Elisa Lucinda, Jackson Costa e Cyria Coentro
Quando: 7 de outubro de 2016, 19h30min.
Onde: Mostra SESC de Artes – Aldeia Pelourinho | Teatro Sesc Senac Pelourinho
IngressoR$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Informações: Sole Produções – Contato: Simone Carrera (71) 3494-0966/99321-0110 | soleproducoes@gmail.com

Cães de pequeno porte são bem vindos no Shopping Paralela



Quem tem um pet amigo quer aproveitar ao máximo o tempo em sua companhia. Pensando nestas pessoas que curtem passear com seu cachorro, o Shopping Paralela abre as portas para a turma de quatro patas, tornando-se um espaço Welcome Dog.

São bem vindos cachorros de raça de pequeno e médio porte (até 35cm), sempre acompanhados pelo proprietário – responsável a partir de 18 anos - e usando coleira. Os animais tem acesso livre nos corredores, porém, possuem restrições de circulação na praça de alimentação, restaurantes e quiosques de lanches. Por questões de segurança, para usar a escada rolante, deve ser levado no colo do dono.

Jau se apresenta no Salvador Music Place dia 8 de outubro


Evento acontece em Patamares, a partir das 22h. Ingressos estão à venda por R$ 40 (feminino) e R$ 60 (masculino)

O cantor e compositor Jau, que recentemente lançou a música ‘Passarinho em Pleno Voo’ nas rádios baianas, vai levar seu som para o Salvador Music Place, em Patamares. O show acontece no dia 8 de outubro, a partir das 22h.

Para animar a noite, Jau promete cantar sucessos como ‘Amar é Bom’, ‘Jeito Faceiro’, ‘Sandália de Couro’, ‘Flores na Favela’ e ‘Canto ao Pescador’. O repertório contempla ainda músicas inéditas que estarão no próximo álbum do artista, a exemplo de ‘Minha Palavra Basta.

O evento terá show de abertura da banda de samba Demorô e o agito do DJ Bruno. Os ingressos, que custam R$ 40 (feminino) e R$ 60 (masculino), estão à venda nos balcões Pida e Ticketmix.

SERVIÇO
O Quê: Show de Jau
Data: 8 de outubro
Hora: a partir das 22h
Local: Rua Manoel Antônio Galvão, 1075, no Hotel Sol Bahia - Patamares
Ingressos: R$ 40 (feminino) e R$ 60 (masculino)
Mais informações: (71) 99356-0551

Escola Carlos Murion e o torneio de matemática ‘Khan Academy’




Fundador da Cidade da Luz, José Medrado

Os alunos da Escola Carlos Murion, integrante do complexo fundado por José Medrado, Cidade da Luz, são finalistas no torneio de matemática do “Khan Academy” - plataforma virtual que possibilita aprendizado personalizado, dentro e fora da sala de aula. A unidade de ensino foi a única, na Região Nordeste, classificada para a etapa final do torneio, que terá resultado neste domingo (02.10). As outras sete instituições classificadas estão localizadas em São Paulo. Ao todo, 222 escolas participaram da disputa em todos os estados brasileiros.